Total de visualizações de página

domingo, 13 de março de 2011

Sucumbir

***

Devo sucumbir aos seus caprichos de mulher
E a tudo que você tem feito contra mim.
Além de roubar toda a minha alegria,
Em mim não deixou nada mais que ilusão.
E sempre vem você com esse tom de ironia,
Me atazanando a vida
Manipulando atração.


Devo sucumbir, mas nunca hás de ouvir
Que é inteiramente seu meu coração.
Posso perdoar, se minha mágoa lhe faz bem,
Só não vale sorrir, pois o troco inda virá,
Nem será de mim, talvez
O certo é que virá...
É sua consciência que um dia vai cobrar.

₪₪₪₪₪₪₪₪₪₪₪
Letra: josé do carmo (dez.99)
Música: alexandre
Gravada no CD “Bar Paraíso”
Performance: alexandre


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.