Total de visualizações de página

domingo, 13 de março de 2011

Rita Maura

***
Já falei pra Rita num azarar
Minha beleza,
Pra bola
Da gente, no Caçapa
Não baixar.
E se a coisa espalhar?

Rita Maura se apegou ao meu sapato
(Êssa Rita... É um barato!)
Mas pode me indispor com o Genival,
-E onde fica a moral?

Outro dia, fui sozinho ao futebol
(Era um Vasco e Flamengo)
Nesse dia no Maraca é carnaval...
Ói nós dois na geral!

E deu "finado", eu tive que ir ao cemitério
(Olha só caso sério)
Rita me surge de biquini em campo santo,
Imagina o meu espanto!

Sentei num ônibus que nem passa em Madureira
(Era Castelo/Ribeira)
Cai no meu colo uma destaque do Salgueiro
-Quem fala o nome primeiro?

Eu, pecador da Conde Laje
E a Rita de sabotagem
Com o pobre do Genival?!...

₪₪₪₪₪₪₪₪₪₪₪
Letra: josé do carmo (07.04.2000)
Música: alexandre
Gravada
no CD “Bar Paraíso”
Performance: roberto


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.