Total de visualizações de página

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Rotary e a Poliomielite

***
Junho, 2002

A um ouvinte menos avisado poderá parecer frívola a afirmativa de que Leopoldina tenha importância na erradicação mundial da pólio. Mas é verdade. Vinte leopoldinenses, operários do bem-estar social, trabalham para que em 2005 a Poliomielite esteja erradicada do Planeta Terra. São eles os vinte rotarianos da cidade.

Vem, pois, muito a propósito a notícia de que a Fundação Rotária do Rotary Internacional foi escolhida para receber o “Prêmio Gates de Saúde Global – 2002” conferido pela FUNDAÇÃO BILL & MELINDA GATES, no valor de US$1 milhão de dólares, em reconhecimento à extraordinária atuação de Rotary na área da saúde pública, mais especificamente pelos esforços envidados no programa rotário de erradicação da poliomielite.

Rotary Clube Internacional, do qual o Rotary Clube de Leopoldina é membro, já contribuiu com cerca de US$462 milhões para combate a essa terrível moléstia e mais de um milhão de rotarianos no mundo todo prestaram, e prestam, serviços voluntários empenhando recursos para imunizar cerca de dois bilhões de crianças em 122 países. Na América, a doença está vencida. Infelizmente, ainda incide em alguns países da África mas, decorridos os próximos três anos, não haverá criança sofrendo contágio em qualquer país do globo.

O prêmio da Fundação Gates não apenas reconhece esta nobre cruzada de Rotary contra a pólio, como também consagra outros projetos comunitários do Clube, empreendidos para a melhoria da vida e da saúde de pessoas em todos os países, sobretudo países pobres, seja apoiando programa de empréstimo rotativo a mulheres de Uganda; seja viabilizando projeto para diagnóstico e tratamento da tuberculose nas Filipinas; ou patrocinando o fornecimento de água potável em El Salvador.

Os sócios de Rotary recebem esse prêmio com grande humildade, mas orgulhosos do que ele representa em reconhecimento da importância crucial do Clube em ações de saúde pública em áreas carentes do mundo. Com muita honra para eles, o prêmio lhes foi entregue por William H. Gates (Bill Gates), no último dia 30 de maio, durante a 29ª Conferência Internacional, organizada pelo Global Health Council, em Washington, DC.

O que encanta em Rotary é que ninguém precisa possuir recursos materiais abundantes para entrar no Clube. Existem muitas formas de ajudar nossos semelhantes. No ano rotário 2001/2002, os sócios do Clube proclamam que “a humanidade é a nossa missão”, transmitindo encanto humanístico a todos aqueles que pensam um dia transformar suas vidas distribuindo o bem.

Dizem os rotarianos esperar que as pessoas de bem se acheguem a Rotary para que jamais se frustrem por ações humanitárias não concretizadas.
₪₪₪₪₪₪₪₪₪₪₪
(Publicada sob o título “Leopoldinenses Extirpam a Pólio no Mundo” no jornal LEOPOLDINENSE de 30.06.2002)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.