Total de visualizações de página

sábado, 20 de novembro de 2010

Nelito Barbosa Rodrigues


***
Agosto, 2008

Aos 77 anos, faleceu na segunda-feira, 28 de julho (2008), no Hospital de Itaperuna, RJ, onde fora buscar socorro médico cardiológico, o ex-Agente do INSS em Leopoldina, ex-Vereador, ex-Presidente da Câmara Municipal, ex-Conselheiro e Administrador da Casa de Caridade Leopoldinense, Nelito Barbosa Rodrigues.

Queridíssimo nesta Leopoldina onde nasceu e sempre viveu, Nelito era filho de Nestor Augusto Rodrigues e de Sebastiana Barbosa Rodrigues (Nenê), e casado com Marli de Araújo Rodrigues, que o sobrevive, e com quem teve os filhos: Analice Rodrigues de Uzeda, Marcelo de Araújo Rodrigues, Eduardo de Araújo Rodrigues e Isabela de Araújo Rodrigues.

Vinha, há alguns meses, padecendo de complicações cardíacas. Com indicação para diagnóstico e tratamento coronariano (cateterismo), internou-se no Hospital de Itaperuna, vindo a falecer antes mesmo de qualquer procedimento cirúrgico.

Nelito foi homem essencialmente bom, cordial e amigo de todos (desconhece-se quem não gostasse muito do Nelito). Durante muitos anos funcionário da Previdência Social, sempre procurou fazer de cada segurado um alvo para sua desmedida atenção e solidariedade.

Sério até onde alguém pudesse ser sério, amigo até onde alguém pudesse ser amigo, alegre, bem humorado, prestativo, solidário com quem dele precisasse, Nelito viveu para seu trabalho, para sua esposa, seus filhos, seus netos, para a família.

Tivemos a honra de participar, com o primo e amigo, Nelito, com seu cunhado Rido Barros de Oliveira, com o Dr. Ronald Alvim Barbosa e com o Prof. Rodrigo Arantes Queiroz, da fundação da Banda Musical Princesa Leopoldina, no dia 15 de julho de 1999.

Também quando estivemos na função de Provedor da Casa de Caridade Leopoldinense, pudemos contar com a ajuda segura e honesta e com a experiência de Nelito na área da saúde, tendo ele aceitado ser o Administrador do Hospital, nos anos de 1999 e 2000.

Em 1998, Nelito dispôs em livro suas pesquisas genealógicas sobre a ascendência e a descendência do avô, Paulino Augusto Rodrigues, que foi casado em primeiras núpcias, com Umbelina Cândida Rodrigues e, em segundas núpcias, com Maria José Lacerda Rodrigues. Reuniu, numa grande festa familiar em Leopoldina, mais de duzentos descendentes do avô, Paulino.

O jornal LEOPOLDINENSE manifesta à Marli, filhos e netos do nosso estimado Nelito, seu abraço solidário neste momento triste, de enorme perda, não apenas para a família Araújo Rodrigues, mas para Leopoldina inteira, que perde um filho honrado e exemplar.
₪₪₪₪₪₪₪₪₪₪₪
(Nota publicada no jornal LEOPOLDINENSE de agosto de 2008)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.