Total de visualizações de página

domingo, 25 de outubro de 2009

Assim Falava Zaratustra



***
("Faravahar" - Representação da alma humana no zoroastrismo, de Zaratustra, o Zoroastro)
Outubro, 2009

Seja otimista, meu filho, mesmo quando todas as expectativas apontarem na direção oposta. Acredite que, no fim, tudo dará certo. Se você for forte, vai dar.

Com ajuda do tempo um homem pode tudo. Arregace as mangas, trace uma meta, adote uma estratégia, escolha a tática e não esmoreça. Declare que todas as derrotas, se vierem, serão provisórias para você.

Recorra, reaja, comece de novo. Use a imaginação e, se houver espaço, vá plantando colaboração amiga ao seu redor. Cérebros humanos são aliados surpreendentes. Tão poderosos que ninguém até hoje pôde avaliar-lhes o limite da exata proficiência. Sabe-se, apenas, que o que ele tem de melhor ainda se esconde nos subterrâneos das conexões sinápticas.

Neurônios são cracões de bola que relutam entrar em campo. Vaidosos, gostam de ser solicitados. Estão com eles, entretanto, as possibilidades e os poemas.

Estude, meu filho. Leia. Principalmente o que lhe for mais agradável. É mais sábio conviver com as questões do que com as respostas. O conhecimento foi decisivo no século que passou e não há indícios de que perca relevância como instrumento de ascendência e domínio neste novo século. Direcione sua vitalidade e seu tempo para as boas e justas causas. Isto o diferenciará.

Jamais surgirá do silício a lógica avançada de um software capaz de iluminar os horizontes de sua alma de homem em constante construção. A tarefa é sua. Aprimore-se, aprimore-se indefinidamente. Acredite sempre no seu taco. Quando menos se espera o cérebro deixa escapar o lance luminoso, a solução inesperada.

Dispense quaisquer laivos de vaidade porque ninguém é melhor do que ninguém: a diferença entre as pessoas está no maior ou no menor uso que fizeram, ou ainda fazem, da cinzenta.

Jamais rompa com a esperança para que todas as conquistas lhe sejam possíveis. Que as deslealdades nunca o amofinem, nem lhe envenenem a alma. Adversidades são êmulos eficientes de crescimento espiritual.

O ser humano tem defeitos, mas em regra é bom. Pessoas às vezes erram porque a vida se tornou complicada para elas. Tolere. Se possível, ajude. Você se lembra - quando menino - a paciência que seu irmão mais novo exigia? Na vida é igual. Todo mundo é irmão.

Vá pelo seu pai. E não se surpreenda quando você começar a se dar bem em algumas paradas.
₪₪₪₪₪₪₪₪₪₪₪
(26.10.2009)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.