Total de visualizações de página

sábado, 9 de outubro de 2010

Gigolô Ressentido

***
Meu grande amor por onde andas eu não sei
O mais provável é que você esteja bem,
Saia curtinha, botas negras, cano longo
Mãos delicadas na algibeira de alguém.

*******
Sinceramente, afoguei-me em lembranças
Naquele dia em que você rompeu meu dique
Tiro certeiro abaixo da linha d'água
E meu naufrágio bem ao estilo Titanic.

*******
Minhas canções são dolentes partituras
Do quanto eu sofro elas dão bem a medida
Versões de tangos e antiquíssimos boleros
Yo tengo ganas de llorar tua partida.

*******
Todos se lembram, la distancia és sin olvido
Você nos braços de um qualquer, é coisa horrível
Infelizmente, deu-se o que mamãe dizia:
- Olha meu filho, ela não tem o seu nível!
₪₪₪₪₪₪₪₪₪₪₪
JC, 07/05/01.
(Canção com letra de José do Carmo e música de Roberto J. de Souza)
Performance: Roberto Souza

2 comentários:

  1. Adoro seus post, são lindos e inteligentes!
    Adoro visitar seu blog!
    Bjokas

    ResponderExcluir
  2. Apenas um sambinha brincalhão, Pequetita, cuja melodia ainda não postei. Mas vou postar.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.